Páginas

2010-07-06

Nossa vida inteira e um punhado de planos

(eu vi essa listinha aqui no endless imaginary, que por sua vez viu no memorabilia database, e cá estou eu tentando colocá-la em prática também.)

#1 - Your best friend

(trecho)

Vamos falar dos assuntos que já conhecemos. Do primeiro ano. Dos carnavais. Vamos fechar os olhos por um minuto e ter quinze anos de novo. De volta àquela terra em que eu só tinha dois amigos, e eles me bastavam. Lá, onde a gente fazia planos. E promessas. E contava segredos e as mais espontâneas declarações de amor que eu jamais vou ter de novo. Onde nós éramos as únicas pessoas do mundo e os problemas pareciam pesar uma tonelada. A gente acreditava em tanta coisa, e hoje em dia eu sou tão incrédula. Aqueles devem ter sido os meses em que eu vivi mais intensamente. Nunca me senti assim de novo. E hoje estamos diferentes - bem diferentes! -, mas eu ainda sinto a mesma coisa quando a gente se vê. Aquela mesma vontade de não deixar o tempo passar, porque ele é rápido demais e a nossa vida inteira não cabe dentro dele. Porque toda vez eu quero viver uma vida inteira do teu lado. E talvez eu só tenha escrito tudo isso só pra dizer que tu é possivelmente a pessoa que eu mais amo. Desse tipo de amor que faz a gente querer viver, assim, sempre ao lado um do outro, e que não tem dúvidas nenhuma sobre a sua verdade. Nunca passei um minuto em dúvida quanto a isso.
Acho que acabei de passar mais uma vida inteira do teu lado agora. Não sei quantas vidas eu tive só por tua causa. Obrigada por elas. Muito, mesmo.

4 comentários:

Mialle disse...

oh moons que coisa bonita de se ler e de se imaginar e pensar e aah que amável

Phi disse...

As últimas três frases são, muito provavelmente, algumas das mais bonitas que eu já li, Muni. ♥

Bianca Caroline disse...

hehe, é verdade, é sim :)

s. disse...

sempre volto aqui pra reler esse fragmento e sempre choro. e sempre lembro do meu pierrot.

obrigada, mun <3