Páginas

2010-01-05

Catch a falling star and put it in your pocket...

...never let it fade away
catch a falling star and put it in your pocket
Save it for a rainy day


Acostumem-se logo com o fato de que eu sempre fico com vontade de escrever, daí abro o word/blogger/caderno/whatever e começo a escrever merda. Como agora, por exemplo. Minhas mãos estão coçando pra escrever e, ora essa, eu tô escrevendo.

Bom, às vezes eu fico pensando no porquê de algumas garotas de doze, treze ou até mesmo catorze anos consideram como coisas mais importantes na vida saber quem fala mal de quem. E eu penso nisso principalmente quando vejo o formspring de uma vizinha minha que está justamente nessa faixa de idade, lotado de "perguntas" anônimas do tipo "aaaaah, você diz q ama fulana mas vc flava mal dela pra miiim!!!1ONE!" e respostas (pra todas as perguntas. todas. tipo, "vc tomou banho hoje?" aí a resposta é essa também) é "ai, amigaaaaa, eu te amo!!!1ONE!!".

Pausa para perder a fé na humanidade.

Pronto.

Eu gosto de imaginar que nas salas dessas garotas existe uma garotinha feia que lê Harry Potter e é razoavelmente inteligente. O maior sonho dessa garotinha, no auge de seus doze ou treze anos, é escrever um livro, e ser bonita e popular como suas colegas de classe. Não necessariamente nessa ordem. Essa garotinha gosta muito de um garoto popular e extremamente idiota, que não vai ser nada na vida em vinte anos, mas as garotinhas bonitas dizem pra ela que ele nunca vai querer beijá-la porque ela é feia.

Esta garotinha, então, vai passar muito tempo achando que o mundo é injusto e imaginando o que ela fez pra que ninguém gostasse dela. Um dia, então, ela vai fazer amizade com uma garota-legal-e-não-popular-e-fresca, e a partir daí vai fazer mais amigos e ver que essas pessoas gostam dela de verdade e sabem diferenciar uma prova de História de uma de Geografia. Esta garotinha um dia vai conhecer as pessoas mais importantes do mundo - pra ela - e vai saber que o mundo não é tão injusto assim. E, claro, ela será feliz.


(obrigada Pitty, Romell, Ewerton e Lucas. vocês fizeram e fazem toda a diferença)

...never let it fade away



5 comentários:

Lucas Igor disse...

Um garotinho que gosta de rock um dia encontra a garotinha que gosta de Harry Potter.A garotinha que gosta de Harry Potter gosta do garotinho que gosta de rock.Os garotinhos fazem Ioga, falam errado,fazem cara de idiota um pro outro,riem de coisas bestas e falam coisas feias...
O garotinho que gosta de rock um dia diz pra garotinha que gosta de harry potter: eu te amo.

Julia disse...

tu falou de uma menina que estudava no meu ex-colégio que me interessava muito. ela era de um ano abaixo do meu e da sala ao lado. e ela SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE estava lendo harry potter. sempre. vi ela lendo deathly hallows umas duas vezes. a gente sempre sorria uma pra outra quando se via. me pergunto como ela está...

:*

e porra, sem essas DAÇÕES DE CU. escreva. tu é boa.

' Rôh disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
' Rôh disse...

Puxa, foi lindo!
Eu queria ter escrito isso.
Qquer dia desses faz uma descrição dessa pra mim, é a história de um menino, que tbm conheceu uma menina ai, sabe. E puxa, ela fez toda a diferença na vida dele...

Abração, Romell.

Fernanda Adler disse...

hahahahhaa moony me comovi, mas eu sempre espero isso também, sempre penso que no meio daquelas pessoas existe alguem que pensa e assim a humanidade vai conseguindo ser util, por essa pessoa que pensa.