Páginas

2012-09-06

The greatest thing you'll ever learn

...is just to love and be loved in return.

"(...)Mas não sei. Talvez eu não tenha explicado direito, essas coisas são difíceis. Mas é só isso no fim das contas, não é? Quando você quer ficar com alguém. Você só quer estar com aquela pessoa, de algum modo. Se vocês namoram, ou se casam, ou envelhecem juntos, tudo é consequência. Só começa porque vocês querem ficar juntos no sentido mais simples que a expressão pode ter. Faz sentido?"

Eu estava escrevendo isso numa fic anteontem e, quando olhei pro parágrafo de novo, percebi que fazia sentido sim, e muito. A gente tem essa mania de separar o amor romântico das "outras formas de amor", seja lá o que for isso, mas por quê? Será que faz tanto sentido assim? Fiquei pensando nisso e chegando a algumas conclusões. É tudo tão simples e eu gosto muito quando certas coisas se reduzem à forma mais simples possível. Estou muito feliz aqui com a minha epifania de que, se um dia eu fizer uma auto-biografia, vou poder dizer sem sombra de dúvidas que amei, amei muito, e fui amada de volta. That's a good feeling.

3 comentários:

.laurel. disse...

Quote mais lindo da vida *.* Faz muito sentido sim ♥

Ferfa disse...

Acho que aprender que amor é amor, não tem essa de amor romântico "valer" mais ou ser o único que a gente tem que carregar pro resto da vida (no máximo amor de mãe/pai) é um dos aprendizados mais difíceis.

E <3

Ewerton Menezes disse...

Now you can change your bio. Because now,you know.