Páginas

2011-07-22

Fragmentos

Nessas últimas semanas eu tenho desenhado bem mais do que escrito e, quando paro pra pensar, até que faz sentido. Quando não estou de férias não tenho o tempo e a paciência necessárias. Descobri até meu horário perfeito: entre três e cinco horas da manhã. Sento tranquilamente com minhas coisas e vou desenhar; sem barulho nenhum, sem problema nenhum. Eu não sinto pelo desenho o mesmo que sinto pela escrita, mas aí também já seria pedir demais; eu apenas gosto, e também me sinto de certa forma recompensada quando termino e minhas mãos estão sujas de grafite. Gosto do desenho "sujo", borrado, uso o grafite mais macio que consigo encontrar (ou, melhor dizendo, que não consigo mais encontrar pra comprar) e as manchas ficam lá, nos meus dedos, no papel, nas linhas que eu não apago, nas sombras. 

*

Acho engraçado como as coisas acontecem. Eu estava no 6v agora, vendo uma discussão sobre personagens, do tipo que eu mesma teria participado ativamente há, sei lá, um ano ou talvez menos. Eu li um pouco, concordei com algumas coisas, discordei veementemente de outras, mas, como tem acontecido com cada vez mais frequência, não cheguei a clicar em Responder. E, bom, eu até queria responder. Eu saberia o que dizer. Eu ia gostar de dizer. Mas eu não digo mais. A palavra certa não é preguiça, mas é algo parecido com isso. É uma espécie de não se importar mais, de não precisar mais. Há muito tempo, quando eu via algumas pessoas comentando sobre isso, eu não imaginava como era, nem sequer entendia. E olha só... Acho que talvez a palavra certa seja distanciamento. Talvez eu já tenha dado tudo o que tinha que dar, e não tenho mais a energia necessária pra repetir toda a minha opinião de novo. Hoje eu apenas observo, e vejo algumas pessoas chegando, outras saindo, algumas novas discussões, outras nem tanto. É engraçado isso, porque parece que pela primeira vez eu consigo ver o fandom de um jeito mais amplo, consigo vê-lo como um todo. Porque isso não é de todo ruim, por mais que pareça. Porque de alguma forma não me soa como um afastamento, e agora eu entendo por quê.

2 comentários:

swiit. disse...

Eu me sinto exatamente como você, ultimamente, Moony.

Há algum tempo, me parecia terrível me afastar do fandom. Tinha a impressão de que não conseguiria viver sem aquele frenesi e aquelas pessoas...de que ficaria louca se não escrevesse e desse minhas opiniões.

E não é que seja preguiça, mesmo, só parece que não me encaixo mais entre aquelas pessoas.

(o melhor grafite, o mais macio, é o da CIS, porque a Faber ficou uma bosta. embora até o da CIS não seja mais TÃO BOM. também sofro com isso)

.moony. disse...

putz, é o da CIS mesmo que eu tô usando. mas o pior é que o 2B é mais comum pra 0.5 e eu uso 0.7 :/ daí só tenho achado o HB.