Páginas

2011-01-11

Something worth living for

Eu estava lendo este post da Fê e queria deixar registrado esse trecho (dentre tantos outros que eu poderia quotar):
"O que eu quero falar é, obviamente, da reação ignorante. Esse tipo de revolta não é novidade, pelo contrário, mas eu não tomo como uma indicação de desesperança, e sim de triunfo. Sim, porque, no fundo, todos esses conservadores, esses estúpidos, esses homofóbicos intolerantes estão é se borrando de medo, porque a representação LGBT fica cada vez mais fora do alcance das mentinhas fechadas e limitadas deles. Já não se pode se declarar homofóbico e sair inteiramente livre, como provou-se pelo fechamento da tag #homofobiasim do twitter. Eles estão apavorados, acuados, com medo de perder a posição dominante, de se tornarem - gasp! - os vilões, de não poderem mais ventilar seu ódio em paz."
Eu também tenho Pollyanna feelings. Eu também acho que esse tipo de reação ignorante não prova apenas a ignorância, mas que o cerco está se fechando sobre ela. O mundo não é perfeito e nunca vai ser, mas, oi, estamos tão melhor do que há trinta, quarenta anos! Estamos tão melhor do que até mesmo dez anos atrás. Não vai ser hoje que um monte de pais irão se levantar subitamente de seus lugares e se declararem não homofóbicos, não vai ser hoje que um presidente assumidamente gay/lésbica irá ser eleito/a em algum país qualquer, não vai ser hoje que todas as crianças irão receber uma educação que realmente as ensine a respeitar todos como iguais. Mas a gente sempre está um pouquinho mais perto. Sabe por que eu quero ter filhos? Pra poder dizer a eles que o mundo já foi pior, mas que agora as coisas melhoraram. Pra poder ensinar a eles as coisas que eu tive que descobrir sozinha. É otimismo demais, sim, e você talvez vá revirar os olhos pro teto e suspirar de tédio quando eu começar a falar sobre isso de novo, mas entenda, meu bem, que é porque eu tenho something worth living for.


4 comentários:

Ferfa disse...

Também sou bastante otimista. ♥

Ana Luiza disse...

Tudo bem que tudo ainda não está perfeito, mas cada melhora é uma vitória.

Morgana disse...

Você disse TUDO.

Anônimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel