Páginas

2010-09-10

Sometimes I feel exactly like that


...e nem precisa ser por algum motivo/acontecimento especial. tem dias que simplesmente começam e terminam sem que você consiga fazer outra coisa na vida além de falar merda. dias como hoje, em que eu penso que não falei nada de útil e que todo mundo vai cansar de mim porque eu sou um saco. às vezes eu avalio a qualidade das minhas relações pela quantidade de vezes em que consigo fazer uma pessoa rir sem estar necessariamente pretendendo isso. hoje não foi um dia muito risível. também não foi um dia ruim. engraçado é que eu costumava contar o tempo por semanas, mas ultimamente tenho feito isso por dias, como as pessoas normais provavelmente fazem. há mais ou menos um mês, se você me perguntasse pelo que eu fiz dia anterior, eu não saberia responder, mas certamente me lembraria do que fiz na semana anterior. terças e quintas não existiam individualmente. a segunda é colada na terça como "o começo da semana", a quarta é o "meio da semana", e a quinta e a sexta são, obviamente, o "final da semana". sábado é um dia feliz, porque não é o final da semana nem domingo. domingo é um dia triste, porque não é um sábado e logo se tornará o começo da semana. atualmente eu sei que hoje é sexta, que ontem foi quinta, e por acaso posso até lembrar do que fiz em cada dia da semana. bizarro. é como viver em doses homeopáticas. até que não é ruim. ruim é falar merda quando poderia não estar falando. hoje não vi nenhum estranho legal no ônibus. o cara que tava sentado ao meu lado cheirava a àgua oxigenada. hoje o trocador não me deu bom dia, nem boa tarde, nem boa noite. hoje eu tive que exercitar a arte de carregar um livro de 1197 páginas (java: como programar) em um ônibus lotado durante uma curva enquanto me segurava com apenas uma mão. anotação mental: nunca mais reclamar que não tenho coordenação motora o suficiente. o suficiente pra quê? sei lá. hoje eu estava ouvindo as pessoas falarem comigo enquanto pensava em outras coisas. não era porque eu queria, minha atenção simplesmente se desviava sem mais nem por quê. hoje eu chorei litros e litros e litros assistindo mary and max. hoje eu não usei letras maiúsculas. hoje eu escrevi demais, e só queria postar a imagem. isso é que dá colocar um teclado na minha frente.

não que eu esteja reclamando.


3 comentários:

Tangerina disse...

desculpa por não dizer mais nada, mas é... sei lá, só para você saber que tem alguém aqui?

Mauany disse...

Sometimes I feel exactly like that, too.

Lady Murder disse...

Sometimes I feel exactly like that, too. [2]
Aí é só lembrar que pessoas que se sentem igual ou pessoas como a Tang estão aí, e um calorzinho bom no peito vem, não é?